A Região de Lamego situa-se no Alto Douro, numa zona de transição entre as beiras e o nordeste transmontano.

Na zona nascente, Vila Nova de Foz Côa é já destino conhecido para o Parque Arqueológico onde se podem apreciar pinturas rupestres do paleolítico superior, mediante prévia marcação. A dois passos, em Freixo de Numão, situam-se os sítios arqueológicos de Rumansil e do Prazo. No concelho de Mêda referência para a vila de Marialva, já há muito abandonada, que permanece ainda como um espaço magnífico, sobressaindo os panos de muralhas, igrejas e antigas construções. Bem perto está Longroiva, mostrando um castelo altaneiro que vigia a sua igreja matriz.

A meio da região um trio de concelhos notabiliza-se pelos registos patrimoniais: Penedono e um formoso castelo erguido num afloramento rochoso que mais faz lembrar um conto de fadas, Sernancelhe e o portal romântico da Igreja de São João Batista, e Tarouca, que exibe um conjunto medieval com ponte e torre de vigia.

Lamego é o ponto alto em acervo histórico, com o emblemático Santuário de Nossa Senhora dos Remédios e a sua monumental escadaria que conduz à Sé, com uma interessante fachada do século XVI, a Igreja de Santa Maria de Almacave e o castelo com torre de menagem e cisterna.

Início do Escutismo

  • 1929

Atividades Regionais 

  • ACAREG 
  • ACACHEFES
  • EXPLOREG 
  • PIOREG 

Atividades de Secções 

  • «Incipiens», o Primeiro Passo (Caminheiros)
  • Caminhar com São Paulo (Caminheiros)
Ultima atualização 12.12.2016 Visualizações 589
Voltar Partilhar