Évora

A Região de Évora distribui-se por grande parte do Alto Alentejo até ao paralelo de Avis, com a intrusão dos ribatejanos Benavente e Coruche.

Tal como a Região de Beja, é a zona dos campos a perder de fim, quebrados aqui e acolá com elevações e ótimos miradouros sobre os arredores, como os castelos de Estremoz e de Evoramonte.

Também conhecida como “cidade-monumento”, Évora mostra uma preservação do seu património quase exemplar, sendo caso disso a Sé, a Igreja de São Francisco, a Capela dos Ossos, o Aqueduto da Água de Prata e o Templo de Diana, entre outros. Nos seus arredores parta à descoberta do “megalítico”, visitando a monumental Anta do Zambujeiro. Bem perto o Cromeleque e o Menir dos Almendres, e a Gruta do Escoural, com um importante acervo arqueológico.

A Barragem do Alqueva, o maior lago artificial da Europa, possibilita uma série de atividades ligadas à natureza, como os desportos náuticos, a pesca, a caça e os passeios pedestres. Recomenda-se um périplo histórico pelos castelos fronteiriços, encontrando em Campo Maior o Castelo de Ouguela e matriz, em Elvas o forte, aqueduto e antiga Sé, em Juromenha a fortaleza, em Vila Viçosa o Paço Ducal e castelo, e em Terena o castelo, igreja matriz e santuário endovélico.

Início do Escutismo

  • 1936

Centros e Campos Escutistas

  • Centro Escutista do Divor

Atividades Regionais

  • ACAREG
  • Ecos Locais (Área do Ambiente com parceria GNR)
  • Atividades de Secções
  • Indaba
  • Rover 
  • Cenáculo Regional
Ultima atualização 22.11.2016 Visualizações 770
Voltar Partilhar