© Nuno Perestrelo

Programa Educativo

O Corpo Nacional de Escutas é uma associação de educação não-formal, cuja finalidade é a educação integral de crianças e jovens de ambos os géneros, com base em voluntariado adulto, em conformidade com as finalidades, princípios e métodos concebidos pelo Fundador do Escutismo – Lord Baden-Powell of Gilwell – e vigentes na Organização Mundial do Movimento Escutista (OMME), e à luz do Evangelho de Jesus Cristo, segundo a doutrina da Igreja Católica Romana, que professa, assume e difunde.
O Programa Educativo do Corpo Nacional de Escutas é a totalidade daquilo que as crianças e os jovens fazem no Escutismo Católico Português [as atividades], como o fazem [o método] e a razão porque o fazem [a finalidade].

Finalidade


A Proposta Educativa do Corpo Nacional de Escutas constitui a declaração das finalidades últimas da Associação, expressando a sua intenção educativa, com base na análise das necessidades e aspirações dos jovens num determinado tempo e num contexto
sócio-cultural específico. Neste âmbito, a intenção educativa do Corpo Nacional de Escutas, adequada ao tempo e à sociedade portuguesa presentes, está expressa na Proposta Educativa “Educamos. Para quê?”



O Projecto Educativo do Corpo Nacional de Escutas é o conjunto de objectivos e métodos, traduzidos em oportunidades, que contribuem para a construção de um percurso de desenvolvimento pessoal das crianças e jovens, sendo simultaneamente uno e plural. Uno, pois suporta uma pedagogia educativa para as crianças e os jovens dos 6 aos 22 anos, consubstanciando o método escutista criado por Lord Baden-Powell of Gilwell; plural, porque composto por quatro projectos sequencialmente complementares, que são os Projectos Educativos de cada Secção.

O Corpo Nacional de Escutas, na sua abordagem educativa, considera o desenvolvimento de todos os aspetos da personalidade das crianças e dos jovens, perspetivando-os – na sequência do processo internacional de Renovação da Acção Pedagógica, observadas as intenções do Fundador para o Movimento Escutista e englobando todas as dimensões da personalidade humana – em seis áreas de desenvolvimento pessoal, conforme abaixo.

Desenvolvimento físico - o corpo
Desenvolvimento afectivo - os sentimentos e as emoções
Desenvolvimento do carácter - a atitude
Desenvolvimento espiritual - o sentido de Deus
Desenvolvimento intelectual - a inteligência
Desenvolvimento social - a integração social


Em cada uma das áreas de desenvolvimento pessoal estão identificadas prioridades educacionais – três trilhos educativos – que tomam em consideração as necessidades e aspirações das crianças e dos jovens em particular – os objetivos educativos. Entende-se por trilho educativo cada eixo de crescimento a explorar em cada área de desenvolvimento pessoal, no âmbito dos quais se definem os objetivos de desenvolvimento pessoal.




As necessidades e aspirações das crianças e dos jovens, em cada uma das seis áreas de desenvolvimento pessoal, por um lado, e as capacidades [conhecimentos, competências e atitudes] por estes adquiridas nessas mesmas áreas, constituem os objetivos educativos, que se organizam em trilhos educativos. Existem objetivos educativos finais, que são os objetivos a serem atingidos, em cada área, no final do percurso educativo, e existem objetivos educativos de secção, que constituem metas intermédias a serem cumpridas aquando da transição de uma Secção para a subsequente. Assim, para cada área de desenvolvimento pessoal, e dentro destas para cada trilho educativo, foram definidos objetivos educativos finais e, subsequentemente, objetivos educativos de secção, os quais se descrevem de seguida.

  • Desenvolvimento Físico 
  • Desenvolvimento Afetivo
  • Desenvolvimento Caráter 
  • Desenvolvimento Espiritual 
  • Desenvolvimento Intelectual 
  • Desenvolvimento Social

 

Ultima atualização 23.11.2016 Visualizações 967
Voltar Partilhar